Dicas Carioca

Cristo Redentor

Principal cartão-postal da cidade, o Cristo Redentor foi eleito pelos cariocas como a “Maravilha do Rio”. O monumento fica no alto do morro do Corcovado, a 700 metros de altitude, onde um mirante panorâmico descortina grande parte do Rio de Janeiro. Inaugurada em 1931, a imagem do Cristo Redentor é considerada a maior estátua em estilo art déco do mundo. Visível de diversos pontos da cidade e confeccionada em pedra-sabão, tem 30 metros de altura, 28 metros de uma extremidade à outra e pesa 1.145 toneladas.

Para chegar lá em cima há duas maneiras: de van autorizada ou de trem (Trem do Corcovado), que parte do Cosme Velho, faz um percurso de 3.800 metros em meio a jardins temáticos e a viagem dura cerca de 20 minutos. Já as vans partem de Copacabana (Praça do Lido), Largo do Machado, Paineiras* (Centro de Visitantes) e Barra da Tijuca (shopping Città América). Ambos os acessos exigem a compra de ingresso com antecedência, com dia e hora marcados. 

Os ingressos do trem podem ser comprados online e em vários pontos físicos da cidade, incluindo lotéricas em todo o Brasil (http://www.tremdocorcovado.rio/postos- de-venda.html).

Já para a subida de van, a compra deve ser feita no site da concessionária do parque, a Paineiras Corcovado. Ali, escolhe-se data, horário e um ponto de embarque (Praça do Lido em Copacabana, Largo do Machado ou Paineiras). A compra também pode ser feita em quiosques da Riotur e nos pontos de embarque. 

*No final de julho/2016 foi inaugurado o Centro de Visitantes Paineiras. O local dá vida ao antigo Hotel Paineiras, que no passado recebeu personalidades de todo o mundo e ficou abandonado por mais de 30 anos. No novo espaço, as atrações são a exposição interativa sobre o Parque Nacional da Tijuca, a biodiversidade da Mata Atlântica e os outros parques nacionais brasileiros; área gastronômica com vista panorâmica para a cidade e loja de souvenirs.

Site:
www.tremdocorcovado.rio
www.paineirascorcovado.com.br

Pão de Açúcar

A emoção do passeio ao Pão de Açúcar começa bem antes de se chegar ao topo do morro, a 396 metros acima do nível do mar. A aventura tem início com a viagem de bondinho, um teleférico envidraçado que apresenta detalhes e ângulos únicos da perfeita geografia carioca. A primeira parada é feita no Morro da Urca, a 220 metros de altitude. Dali, avista-se a Baía de Guanabara e a Enseada de Botafogo. Na segunda e última parada, o visual panorâmico apresenta, além da baía, grande parte da orla da Zona Sul e de Niterói. No verão, vale a pena subir ao Pão de Açúcar no final do dia para curtir o pôr do sol ou à noite, para ver as luzes da cidade e badalar no Noites Cariocas - shows com grandes nomes da música brasileira.

Inaugurado em 1912, o cartão-postal ganhou novidades em 2017: Tour Histórico e Tour Casa de Máquinas. O primeiro apresenta uma visita cheia de curiosidades, fatos e acontecimentos que marcaram a história do primeiro teleférico do brasil e terceiro do mundo. Já o Tour Casa de Máquinas leva aos bastidores do teleférico, apresentando a estrutura dos equipamentos que fazem o bondinho funcionar. Na parada na Estação Motriz, no Morro da Urca, é possível ver bem de perto o motor principal a todo o vapor! As duas visitas começam na Praia Vermelha e se encerram no Pão de Açúcar. A duração é de 1h30 de duração e, após os tours, o passeio é livre pelo complexo turístico.

É possível comprar o ingresso para o bondinho e para os tours pela internet (antecedência mínima de quatro horas e taxa de 10%). Na compra online é possível, ainda, adquirir o Bilhete Dourado, um “fura-fila” que custa cerca de 60% a mais que o ingresso normal. Nas férias e feriados, a compra online agiliza o tempo de espera de embarque (o acesso é prioritário, sem enfrentar a fila da bilheteria, indo direto para a fila de embarque). Quem tem o Bilhete Durado tem acesso à sala vip (com direito a uma taça de espumante para adultos e um chocolate para crianças) e embarca no primeiro bondinho que chegar à estação. 

Endereço:
Av. Pasteur, 520

Tel:
(21) 2546-8400

Site:
www.bondinho.com.br

Maracanã

Depois de uma gigantesca reforma, o novo Maracanã foi reaberto em abril de 2013. Mais que um monumento esportivo, o estádio é um atrativo cultural e turístico, recebendo visitantes até mesmo em dias em que não há jogos. Para os apaixonados por futebol há tours guiados que conduzem à beira do gramado, arquibancadas, vestiário, tribuna de honra, sala de imprensa, Hall da Fama - onde estão as marcas dos pés de jogadores famosos - e ao Museu do Futebol, com fotos e imagens das mais belas jogadas feitas no maior estádio do mundo. 

Logo após a Copa do Mundo de 2014 o estádio ganhou mais atrações: o uniforme usado por Garrincha na conquista do bi da Copa do Mundo em 1962, no Chile; e espaços em que o visitante pode experimentar a sensação de cobrar um pênalti e escutar os sons produzidos pelas torcidas, o "Maracasom". Há ainda uma maquete impressa em 3D e loja com produtos do Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco da Gama além, da seleção brasileira. O passeio pode ser feito na companhia de um guia ou com audioguia (disponível em português, espanhol e inglês).

Endereço:
R. Professor Eurico Rabelo, portão 16 - Maracanã

Tel:
(21) 2299-3932

Site:
www.maracana.com

Santa Teresa

Um dos cenários mais pitorescos do Rio de Janeiro, Santa Teresa fica no alto de uma colina recortada pelos trilhos do bondinho elétrico, que hoje circula por um pequeno trecho entre a Estação Carioca dos Bondes (ponto inicial, no Centro) e o Largo dos Guimarães. Repleta de praças e espaços culturais que revelam paisagens das zonas Norte, Sul e Centro, ‘Santa’ é tomada por sobrados que abrigam ateliês, lojinhas de artesanato, bares e restaurantes. Um dos prédios mais importantes é o Convento de Santa Teresa, erguido no século 19 e que deu nome ao bairro. Quem optar por chegar até lá a pé, partindo da Lapa, terá a oportunidade de conhecer a mais famosa escadaria da cidade – a Selarón, com 215 degraus recobertos de mosaicos de cerâmica nas cores verde, amarelo e azul. A escada foi batizada com o nome do artista plástico chileno que assina a obra.

O bairro, popularmente chamado pelos cariocas de "Santa", é composto de várias escadarias, ladeiras e vielas tortuosas, que ligam-no aos bairros vizinhos do Centro, Glória, Laranjeiras, Bairro de Fátima, Cosme Velho, Catumbi, Catete e Rio Comprido. Na parte alta, há mirantes e acessos para o Parque Nacional da Tijuca e o Corcovado.

Cidade do Samba

Mais novo atrativo turístico carioca, a Cidade do Samba garante o clima de Carnaval o ano inteiro. O parque temático ocupa uma área de 114 mil metros quadrados na zona portuária e abriga os galpões das principais escolas de samba do Rio de Janeiro. Através das oficinas é possível acompanhar de perto a produção de carros alegóricos e de fantasias. Nas noites de quinta-feira, um espetáculo dirigido pelo coreógrafo Carlinhos de Jesus reúne passistas, ritmistas, baianas e casais de mestre-sala e porta- bandeiras terminando com um mini-desfile de Carnaval.

Endereço:
R. Rivadávia Correia, 60

Tel:
(21) 2213-2503 / (21) 2213-2546

Sambódromo

Inaugurado em 1984 e batizado como Avenida dos Desfiles, o Sambódromo recebe visitantes o ano inteiro, que se contentam em apreciar a passarela do samba, de apenas 700 metros, completamente vazia. A Praça da Apoteose serve de pano de fundo para as fotografias de recordação.

Mirante Dona Marta

A 360 metros de altitude, o mirante descortina o Pão de Açúcar, o Maracanã, a Baía de Guanabara e o Cristo Redentor. O acesso de carro é feito pela Estrada das Paineiras. Prefira ir nos finais de semana, quando o movimento de pessoas é maior.

Acesso pela Estrada das Paineiras (seguir pela R. Cosme Velho até à Ladeira dos Guararapes. Na ladeira, entrar na rua Conselheiro Lampreia, à direita. A partir daí, já na Estrada das Paineiras, seguir as placas indicativas).

Vista Chinesa

A construção em estilo oriental fica a 380 metros de altura em meio à Floresta da Tijuca, descortinando uma das mais bonitas vistas da cidade, tendo o Cristo, a Lagoa, o Pão de Açúcar e as praias da zona Sul como pano de fundo.

Acesso pelo bairro do Jardim Botânico (seguir pela R. Rua Pacheco Leão acompanhando as placas indicativas para o Parque Nacional da Floresta da Tijuca).

Feira de São Cristovão

A tradicional Feira de São Cristóvão ganhou nova roupagem, mas a animação continua a mesma. O espaço de 34 mil metros quadrados oferece 700 barracas padronizadas, dois palcos para shows, praça de repentistas, estacionamento e banco. De segunda a quinta, funciona apenas para almoço de comidas típicas, mas de sexta a domingo a programação é ininterrupta.

Endereço:
Campo de São Cristóvão, s/n

Tel:
(21) 3860-2929

Orla Conde

À beira da Baía de Guanabara, a Orla Luiz Paulo Conde ocupa um trecho de 3,5 km, ligando o Armazém 8 do Cais do Porto à Praça da Misericórdia, no Centro. Entre um ponto e outro estão o Museu do Amanhã e a Casa França-Brasil, além de outras 25 atrações culturais. Antes, a paisagem era dominada pelo Elevado da Perimetral. 

A arborizada área de lazer reúne nove praças e revela ângulos diferentes de prédios históricos do Centro e também da Baía de Guanabara. Para apreciar os cenários, bancos de madeira, decks, calçadões, passeios públicos e ciclovias estão à disposição. Na área de quase 80 mil metros quadrados não é permitido o tráfego de automóveis. Somente do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) poderá circular pela nova orla.